3 formas de investir em imóveis usando o seu próprio imóvel

3 formas de investir em imóveis usando o seu próprio imóvel

Imóvel é um bem em constante valorização, mas pode ter seu retorno intensificado com outras formas de investimento.

A compra de um imóvel é um sonho comum à grande maiorias das pessoas. É um investimento seguro, um bem que é valorizado com o tempo – diferente de outras compras de alto valor – e que apresenta muitas linhas de crédito disponíveis no mercado que permitem a sua realização, como o financiamento imobiliário. Por essas e outras razões, a compra de imóveis é uma modalidade de investimento bastante usual, seja para uso próprio, para locação ou para revenda.

E para quem já possui um imóvel há um facilitador: o Crédito com Garantia de Imóvel. Nesta operação, o proprietário pode apresentar seu bem como garantia e conseguir crédito com taxas reduzidas e prazo para pagamento mais extenso do que outras formas de financiamento. Confira três formas de usar seu imóvel para fazer novos investimentos imobiliários:

Aumentando o valor do próprio imóvel

Estimativas de entidades do setor imobiliário, como o Sindicato da Habitação e Condomínios do Paraná (Secovi-PR), apontam que reformar um imóvel pode valorizar seu valor de mercado em até 40%.

Comprando outro imóvel para alugar

A locação de imóveis é uma das mais clássicas formas de investimento. A depender do perfil do imóvel, o valor recebido com o aluguel pode se aproximar do valor da parcela do crédito contratado para sua compra.

Construindo um imóvel

O investimento é otimizado neste caso porque, diferente da compra de um imóvel pronto, a margem de lucro do construtor fica com você. Ao optar por esta forma de investimento, você incorpora uma etapa da cadeia produtiva – e seu lucro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.