4 cases de spin-off que deram MUITO certo

4 cases de spin-off que deram MUITO certo

Eles nasceram como subprodutos e ganharam vida própria por meio de um spin-off. Conheça cases que fizeram tanto (ou mais) sucesso que o negócio de onde surgiram.

No cinema e na TV, eles são conhecidos simplesmente como spin-offs. São personagens que se destacaram tanto em meio a um filme ou série que acabaram ganhando uma sequência própria. Não raro, o produto derivado acaba superando aquele de onde veio, constituindo um novo negócio, o que pode acontecer também com as empresas, que optam por criar sua própria startup.

Confira alguns dos cases mais notórios de spin-off:

Spin-off #1: Os Simpsons

Os Simpsons são exemplo de spin-off de cinema.

Sucesso da televisão americana, Os Simpsons foi criado como um quadro dentro de outro programa de TV, o The Tracey Ullman Show, em 1987. As três primeiras temporadas da série foram veiculadas desta forma e foi só a partir da quarta que a família mais conhecida do planeta conquistou espaço próprio, em horário nobre. O programa original foi descontinuado um ano depois, já Os Simpsons permanece na ativa como uma das séries mais bem sucedidas da história da televisão.

Spin-off #2: Minions

Os Minions são um exemplo de spin-off que deram certo

Este é o principal case de sucesso recente quando se fala em spin-off no cinema. Os minions são personagens da animação Meu Malvado Favorito, lançada em 2010. O primeiro filme arrecadou pouco mais de 500 milhões de dólares de bilheteria em todo o mundo, o que levou a Universal Pictures a rodar outras duas sequências e mais um spin-off, um filme todo dedicado aos Minions. Para ter noção do sucesso dos amarelinhos, Minions faturou mais de um 1 bilhão de dólares em todo o mundo, mais do que qualquer outro filme da franquia, que se tornou a mais lucrativa da história do cinema de animação.

Spin-off #3: Travesseiro da Nasa

Os travesseiros viscoelásticos também são também frutos de spin-offs da Nasa.

A Agência Espacial Americana (Nasa) tem um dos maiores e melhores centros de pesquisa de todo o mundo. Embora tenha como foco a aviação espacial, muitos produtos e tecnologias que os cientistas da Nasa criam acabam caindo no gosto popular. O travesseiro de espuma viscoelástica é um destes produtos. A matéria-prima foi desenvolvida para forrar o interior dos foguetes, mas foi descartada por ter um cheiro forte. Quando a tecnologia para produzir essa espuma se popularizou, os travesseiros viscoelásticos rapidamente ganharam os lares dos consumidores, assim como aspirador de pó portáteis e as lâmpadas de LED, também frutos de spin-offs da Nasa.

Spin-off #4: Smiles

O Smiles surgiu como spin-off da antiga Varig. O Smiles foi criado como programa de fidelidade da antiga Varig, em 1994. Com a compra da operação da Varig pela Gol, em 2007, o programa ganhou uma estrutura de negócio independente e em, 2013, passou a ser gerido, administrado e operado pela Smiles S.A., uma empresa criada exclusivamente para esse fim. Processo semelhante ocorreu com a Multiplus, que nasceu como programa de fidelidade da Tam e iniciou processo de spin-off em 2009.

 

Quer saber mais sobre as spin-offs empresariais? Dê o play nesse vídeo em que a cofundadora e CEO da Bcredi, Maria Teresa Fornea, explica como funciona o processo de spin-off:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.