Crédito inteligente: como saber quando o empréstimo é bom?

Crédito inteligente: como saber quando o empréstimo é bom?

Cinco situações que comprovam que ruim é escolher o empréstimo errado. Descubra o crédito inteligente!

No Brasil, créditos, empréstimos e dívidas são comumente associados a coisas ruins. Se você vê no empréstimo uma saída para bancar gastos supérfluos, que não condizem com sua situação financeira, sim. Ele não vai ser bom mesmo. Mas há ocasiões em que não é bem assim. Seja para evitar juros mais altos, cobrir emergências ou aproveitar a oportunidade de um negócio, contratar um bom empréstimo, pode ser uma boa saída e, mais do que isso, uma solução inteligente.

Neste post, separamos algumas situações em que obter um crédito inteligente é um bom negócio. Confira:

  1. Quando você troca dívidas com juros altos por taxas menores

Se você está pagando dívidas, a dica é trocar os débitos caros por baratos. Se está pagando os juros altos dos tradicionais cheque especial ou cartão de crédito, por exemplo, um empréstimo pode te ajudar a reduzir – e muito! – o tamanho do problema. Basta comparar quanto é cobrado de juros por cada uma das modalidades de crédito: pelo uso do cartão de crédito rotativo, por exemplo, as taxas chegam a mais de 200% ao ano. As linhas de crédito e financiamento pessoais não costumam passar dos 50%. Vale a pena mudar!

  1. Quando você pode investir na sua carreira

Se você está precisando fazer um curso para desenvolver habilidades que vão te ajudar a promover mudanças na carreira e, consequentemente, resultar em aumento de salário, pode ser uma boa ideia recorrer ao crédito. O mesmo vale para curso de línguas fora do país.

  1. Quando você vai empreender

Se você quer montar um negócio próprio, já pesquisou o mercado, identificou seu ramo, fez o plano de negócios adequado, mas ainda não tem dinheiro para investir, contratar um crédito inteligente para dar o pontapé inicial nos negócios pode ser uma boa ideia. É importante fazer um planejamento para o futuro fluxo de caixa da empresa e estimar a demanda pelo seu produto ou serviço de forma realista.

  1. Quando surge uma emergência

Nem sempre temos dinheiro extra para um problema de saúde na família, por exemplo, ou para outros imprevistos de última hora. Se você não contar com uma reserva financeira para estes momentos, soluções inteligentes como o Crédito com Garantia de Imóvel podem ser uma solução acessível.

  1. Quando quero construir ou reformar um imóvel

Se você está adiando a reforma do seu imóvel há anos e quer terminar de uma vez, obter um crédito inteligente para reforma ou construção pode ser interessante.  Isso porque a melhorias no imóvel tendem a aumentar o seu valor de mercado.

Conheça 23 razões para contratar um crédito inteligente sem medo
Viu só!? Empréstimo só não é bom quando é feito sem planejamento. Não vale a pena pedir crédito se for para usar como consumo corriqueiro, cotidiano; quando você está acostumado a gastar mais do que ganha. Mas se as parcelas couberem dentro do seu bolso, o empréstimo é bom, e o crédito inteligente!

Comentários (6)

    1. Olá, Irene!

      Em relação ao Crédito com Garantia de Imóvel, não existem cobranças de taxas adicionais ou pagamentos antecipados. O único pagamento necessário é o da avaliação do imóvel. Qualquer outra custo, como de cartório, por exemplo, é descontado no crédito.

      Continuamos à disposição.
      Um abraço!

    1. Olá, Valdir.
      Tudo bem?

      O crédito é liberado para valores entre R$ 50 mil e R$ 2 milhões.

      O primeiro passo é fazer a simulação neste link: http://bit.ly/2AOmv4C
      Basta acessar e seguir as instruções.

      Se ficar com qualquer dúvida, conte com a gente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.