Empréstimo para Autônomos: você pode conseguir o seu!

Empréstimo para Autônomos: você pode conseguir o seu!

Conseguir a tão sonhada independência empregatícia não é uma tarefa fácil. Muitas pessoas trabalham anos para poder acumular capital suficiente e dar início à sua empresa. Ser autônomo é difícil, mas não impossível – não é à toa que, segundo o IBGE, mais de 34,31 milhões dos trabalhadores brasileiros já trabalham por conta. Reza a lenda que conseguir um empréstimo sendo autônomo, no entanto, é muito mais difícil. Será? Vamos desmistificar isso e mostrar a você que é possível, sim, conseguir um bom empréstimo sendo dono da sua própria força de trabalho.

Independente de em qual área você atua, todo trabalho gera uma renda. No caso dos trabalhadores autônomos, a ausência de um holerite mensal pode desanimar, mas existem outras formas de comprovar o seu ganho. A mais popular é Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos, ou DECORE. Trata-se de um documento oficial, que só pode ser feito por um contador, e que serve como um comprovante de renda para quem não tem uma carteira assinada ou trabalho considerado formal. Mas preste atenção: esse documento só pode ser emitido por profissionais da contabilidade e é válido somente se tiver o selo DHP, que é a Declaração de Habilitação Profissional. Fique ligado para não cair em nenhum golpe, tá?

Ter o nome limpo é praticamente obrigatório em qualquer tipo de empréstimo. Se esse for o seu caso, faça o possível para quitar as suas dívidas em aberto. Essa medida serve não só para o pedido de empréstimo, mas também para outras modalidades, como aumentar o seu score. Quando você não tem nome limpo, pode até conseguir um empréstimo, porém com juros muito mais altos.

Tenha uma conta corrente e guarde todo o seu dinheiro nela. Se sua renda for fixa, você pode usar esse comprovante depois de seis meses, atestando que apresenta condições de arcar com o empréstimo solicitado. Porém, só esses documentos não são suficientes, por isso, atenção! Os comprovantes da sua conta mais a declaração do Imposto de Renda somam pontos positivos para o seu pedido.

Pesquise muito! Procure saber quais são os documentos necessários na instituição que você vai fazer a solicitação, determine qual é o valor que você precisa. Uma dica boa é procurar no site da Finanzero qual é o melhor tipo de empréstimo para você. Você certamente encontrará a opção que melhor se adequa às suas necessidades.

Procure formalizar o seu negócio. Abrir um cadastro de Microempreendedor Individual (MEI) é uma opção relativamente barata e simples, além de te oferecer mais um documento comprobatório da formalização da empresa.

Pedir um empréstimo sendo autônomo exige muitos comprovantes, portanto, procure ter o máximo de documentação possível. Quanto mais você puder provar que sua empresa é real e rentável, maiores são as chances do seu pedido ser aprovado.

Mantendo a contabilidade em dia, os documentos atualizados e sabendo exatamente do que você precisa, fica mais fácil conseguir o tão sonhado empréstimo que vai ajudar você a alavancar o seu negócio. Mas, caso precise de alguma ajuda, vem falar com a gente! Nós te ajudamos a encontrar as melhores opções e não cobramos por isso. Boa sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.