Investir sem dinheiro próprio é possível

Investir sem dinheiro próprio é possível

Atenção redobrada ao planejamento é essencial para quem vai iniciar um investimento.

Comprar um imóvel para locação, construir um imóvel para revenda, abrir uma franquia, tornar-se sócio de uma empresa já existente ou de um novo negócio. Todas essas são formas de investimento que se apresentam a qualquer pessoa com o mínimo de visão empreendedora. Naturalmente, são opções facilitadas para quem já dispõe de recursos financeiros para investir, mas também são projetos possíveis para aqueles que desejam iniciar um investimento e não têm dinheiro para tal.

Nestes casos, o crédito é a saída. Recorrer ao crédito é uma forma de levantar recursos para o investimento em um novo projeto. Para quem possui um imóvel próprio, inclusive, este acesso é facilitado por meio de soluções como o Crédito com Garantia de Imóvel. O CGI é uma alternativa que apresenta taxas menores e prazo para pagamento maior do que outras operações de no crédito disponíveis mercado, como o empréstimo pessoal.

Planejamento é palavra de ordem

O planejamento é essencial para qualquer investimento, seja com recursos próprios ou por meio do crédito. Mas para quem vai investir a partir desta segunda opção, um bom planejamento do investimento é fator decisivo. Isso porque o investidor deve ter em mente que terá um comprometimento mensal da renda, até a amortização da dívida contraída pela contratação do crédito. Nestes casos, o retorno sobre o investimento deve ser calculado sempre considerando-se a amortização pontual da dívida, para que as taxas de juros calculadas lá no início se mantenham conforme o planejado, justificando a opção do investidor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.