Mudar de carreira aos 30, 40 ou 50 anos é possível, mas exige planejamento

Mudar de carreira aos 30, 40 ou 50 anos é possível, mas exige planejamento

Quer mudar de profissão!? Preparamos sete dicas para você planejar a mudança na carreira.

Felizmente, escolher uma profissão “até que a morte ou a aposentadoria nos separe” não é mais a realidade nos dias de hoje. Seja por necessidade ou desejo de mudança, cada vez mais profissionais de todas as idades, dos 20 aos 50 anos, dão uma guinada para outras áreas em algum momento da sua vida.

Aos vinte e poucos, o gatilho da mudança pode ser a vontade de experimentar e dar significado ao trabalho. Aos trinta, você já não quer mais perder as conquistas que teve até o momento e há mais fatores a considerar na hora de pedir a conta, como família e finanças. E aos quarenta e tantos ou cinquenta e poucos, as pesquisas apontam que é quando mais vem os desejos de ruptura.

Seja em qualquer idade, uma coisa é certa: você vai precisar de planejamento. Veja, a seguir, as dicas que separamos para você estar preparado para a mudança. E para fazer uma transição consciente e segura! =)

Boa sorte!

1. Faça uma reserva financeira

É bem provável que, ao mudar de carreira, você volte a ser um profissional do nível júnior. Ou seja: cargos menores, menores salários. Por isso, é preciso que se faça uma reserva financeira para começar esta nova escalada, especialmente se outras pessoas dependem de sua renda. O aconselhável é que você comece dois ou três anos antes esta reserva, para enfrentar com tranquilidade a fase de mudança.

2. Entenda o mercado de trabalho

Estude as possibilidades REAIS que a nova área oferece. Não basta “fazer algo que você goste”. Claro que isso é importante, mas é preciso encontrar mercado e público para o que você faz.

3. Converse com quem já tenha feito a mudança

Ter um “mentor” que possa orientar sua carreira é muito bom para evitar erros. Converse com um amigo ou colega que tenha mudado para a mesma profissão que você quer seguir. Se não tiver nenhum conhecido, procure um profissional da área que planeja seguir. Converse com ele! =)

4. Aprenda!

Ao mudar de carreira, é importante buscar o máximo de conhecimento no menor tempo possível. Assim, você chegará a pleno ou sênior ainda mais rápido. Considere fazer uma pós-graduação, por exemplo, na área em que você quer trabalhar. Isso, além de ajudar a adquirir conhecimento, também começará a construir a sua rede de relacionamentos.

5. Networking

Bem… sua rede de relacionamentos profissionais antiga provavelmente deve ajudar menos nessa transição. Ou seja: sim, você terá que fazer um novo networking!

6. Cuide da saúde

Você não sabe quanto tempo vai levar para atingir estabilidade profissional e um rendimento suficiente outra vez. Ou seja: você precisará contar com sua saúde física, mental e emocional para lidar com este momento de instabilidade.

7. Tenha certeza

É isso mesmo que você quer!? Se a resposta por “sim”, siga em frente! Será um grande desafio, mas se você tiver certeza da decisão, você certamente conseguirá lidar com elas.

Baixe o modelo simplificado de planilha financeira pessoal.

Lembre-se: estar pronto é tudo. Se a sua situação financeira ainda não te permite sonhar com uma mudança na carreira, que tal começar esse projeto organizando as suas finanças? Quem sabe esse exercício não te mostra outras possibilidades para o novo trabalho? 😀

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.