Spin-off: o valor dos profissionais seniores na criação de uma startup

Spin-off: o valor dos profissionais seniores na criação de uma startup

Nem toda startup começa do zero, ela pode surgir dentro de uma empresa já existente, aproveitando todo o conhecimento construído por sua equipe, em um processo conhecido como spin-off.

Quando se ouve a palavra startup, é comum imaginar uma empresa nova, com uma equipe de jovens prodígios recém-saídos da universidade. Quem não se lembra da icônica capa da Revista Times, em 2010, quando o criador do facebook, Mark Zuckerberg, foi eleito a personalidade daquele ano? Desde o início desta década, temos visto o surgimento de empresas que têm na liderança profissionais que mal passaram dos 30. Ou sequer chegaram lá, como foi o caso de Zuckerberg, na época com 26 anos.

Mas uma startup não se faz apenas com talentos precoces. O conhecimento dos profissionais seniores é importantíssimo na criação de uma nova empresa, seja nas etapas de mentoria, seja como parte do time da startup.

Aliás, nem toda startup necessariamente começa “do zero”. Por meio de um processo conhecido como spin-off, uma empresa que já existe pode usar todo o conhecimento de mercado que ela possui, a partir da sua equipe, agregar tecnologia e inovar, criando uma nova empresa.

Ou seja, uma startup pode ser criada dentro de uma empresa mãe. Uma das grandes vantagens das startups que nascem de um processo de spin-off, frente àquelas que surgem do nada, é justamente o histórico de atuação no mercado: o produto já foi testado, existe garantia de que funciona.

Você pode estar se perguntando: “Mas por que, então, não agregar tecnologia e inovar no negócio principal, ao invés de criar uma nova marca?”

Existem algumas razões que levam uma empresa a adotar um processo de spin-off. Em uma corporação que já tem um legado consolidado, uma infraestrutura pesada e processos definidos, nem sempre é fácil inovar. Spinoffar, portanto, é um modo de promover a inovação sem comprometer o negócio principal.

Exemplo de spin-off empresarial

A Bcredi é um exemplo de startup fruto de um spin-off. Nascemos de um processo de derivação dentro do Conglomerado Financeiro Barigui. São 10 anos de experiência e mais de R$ 500 milhões em crédito imobiliário contratados, por mais de 5 mil clientes.

Nós pegamos todo esse conhecimento sobre crédito imobiliário, fruto da experiência dos nossos profissionais, agregamos tecnologia e criamos a nossa própria startup. Desta forma, enquanto na concorrência o tempo médio para que uma pessoa contrate um Financiamento Imobiliário ou Crédito com Garantia de Imóvel é de 2 meses, aqui na Bcredi nós conseguimos emitir o crédito em 10 dias.

Compare o crédito na fintech e o crédito no banco tradicional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.